Como será a performance do seu software na nuvem?

Como será a performance do seu software na nuvem?

Até pouco tempo atrás, a utilização de softwares na nuvem não era muito requisitada. Hoje, um software na nuvem pode ser útil tanto por grandes empresas quanto pelos médios e pequenos empreendimentos.

Este serviço contribui não apenas na instalação do(s) programa(s) nos computadores da companhia, já que contam com versões atualizadas, como também proporciona uma série de benefícios.

Para quem deseja fazer uso deste serviço, antes de tudo precisa saber como será a performance do seu software na nuvem. Afinal, por mais que se trate de uma solução segura e vantajosa, é importante conhecê-la mais a fundo, obtendo conhecimento daquilo que se pretende contratar.

Neste artigo, nós explicamos como funciona a performance de programas na nuvem, além de trazer as principais vantagens deste produto.

 

A otimização e performance dos recursos

Quando uma companhia opta pela utilização de softwares na nuvem, ela deixará de gastar mais dinheiro com servidores dedicados, e isso irá gerar uma redução de despesas de infraestrutura de TI.

Em casos onde ainda se faz necessário o uso dos servidores dedicados para outras finalidades, eles passam a ganhar maior rapidez, elevando as performances computacionais da empresa. Também não é mais preciso ter um profissional de TI para supervisionar o servidor, já que tudo ficará no fornecedor de nuvem.

Em relação a como será a performance do seu software na nuvem, haverá uma grande melhora no desempenho dos programas, que serão mais leves e ágeis, comparados a um software que é instalado no computador.

Para saber se o software terá uma boa performance é fundamental conferir se o mesmo está apropriado para rodar na nuvem. Em certos casos, a companhia já roda um programa em servidor e espera que ao colocá-lo na nuvem, ele terá o mesmo desempenho.

Contudo, não é sempre que isso acontece, pois o software pode estar ajustado para rodar em servidor delicado. Ao adicionar o software na nuvem, ele poderá não obter o mesmo desempenho de que quando rodava antes. Em outras palavras, existem softwares que possuem duas versões: Um voltado para rodar em servidores delicados e outra versão para rodar na nuvem.

Portanto, é importante antes de fazer a contratação do serviço, analisar se o fabricante já possui o programa instalado em uma versão nuvem.

 

Principais vantagens em ter software na nuvem

Investir na computação em nuvem proporciona inúmeras vantagens para o seu negócio, tais como performance, segurança e escalabilidade. A seguir, listamos as 3 principais vantagens. São elas:

  1. Maior acessibilidade: Quando os softwares deixam de ficar armazenados fora de um computador, é possível que qualquer pessoa da empresa tenha acesso a eles através de outras máquinas, tablets e até mesmo smartphones. Para isso, basta estar conectado à internet.
  2. Atualização de sistemas: Diferente dos softwares instalados em computador, os programas da nuvem são atualizados sempre que uma nova versão dos sistemas contratados for liberada.
  3. Proteção de dados: A computação em nuvem gera uma camada extra para a proteção dos dados da empresa, evitando desta forma tanto a má utilização quanto a perda acidental das informações.

Já pensou em optar pelo uso de softwares na nuvem para o seu negócio? Então entre em contato conosco e descubra quais são as melhores soluções para mudar para o serviço.